Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de março de 2020, 10h08

A pedido de Drauzio Varella, Youtube exclui vídeo manipulado por Flávio Bolsonaro para enganar seguidores

O senador publicou no dia 22 de março uma declaração que o médico fez em janeiro, em que ele dizia que não havia motivo para mudar a rotina. "Se não quer acreditar em Jair Bolsonaro, acredite em Dráuzio Varella", era o título do vídeo

Flávio Bolsonaro com o pai, Jair, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O Youtube atendeu um pedido de Dráuzio Varella e retirou do ar um vídeo publicado pelo senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), que usava uma declaração feita pelo médico em janeiro, em que ele dizia que não havia motivo para mudar a rotina, para defender o fim do confinamento proposto pelo pai, Jair Bolsonaro.

“Se não quer acreditar em Jair Bolsonaro, acredite em Drauzio Varella”, diz o título do vídeo que foi excluído da conta oficial de Flávio no Youtube no dia 22 de março.

O senador publicou o vídeo para defender o posicionamento do pai, de que estaria havendo uma histeria e uma reação exagerada à pandemia. No entanto, o médico alegou que a declaração foi dada antes da pandemia chegar ao Brasil e descontextualizado pelo filho de Bolsonaro. Quando o vídeo foi excluído já contava com mais de 40 mil visualizações.

Vídeo de Dráuzio Varella excluído da conta de Flávio Bolsonaro no Youtube

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum