Após 12 dias internado, 7 deles na UTI para tratar Covid, Osmar Terra recebe alta

Negacionista que anunciava fim da pandemia em junho, ex-ministro de Bolsonaro não informou, contudo, se está curado da Covid-19

Um dos principais teóricos do negacionismo da pandemia no governo Bolsonaro, o ex-ministro Osmar Terra recebeu alta, nesta sexta-feira (4), após 12 dias internado em Porto Alegre para tratar da Covid-19.

“Agradeço a todas as manifestações de carinho e apoio durante tratamento da Covid 19. Abração a todos meus seguidores e amigos”, escreveu o deputado pelas redes sociais. O parlamentar, contudo, não informou se está totalmente curado da doença.

Diagnosticado com Covid-19 no dia 13 de novembro, Terra foi internado no dia 22 e seu quadro de saúde se agravou na primeira semana. Ele chegou a ficar 7 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) respirando com a ajuda de aparelhos.

A alta do ex-ministro foi confirmada pelo hospital São Lucas, da PUC-RS, por meio de nota.

Negacionismo

Crítico ferrenho das medidas de isolamento social e protocolos de segurança contra a Covid, Osmar Terra chegou a prever que a pandemia no Brasil acabaria em abril e, depois, em junho.

“A curva de contágio da Covid-19 já passou pelo pico e está caindo durante o mês de maio, como prevíamos. Todas as cidades mais afetadas registram quedas de internação diária. A trajetória do vírus ignorou a quarentena, não achatou curva alguma. Epidemia termina em junho”, afirmou no início daquele mês.

Além disso, o negacionista também previu que a Covid-19 mataria menos que a epidemia de H1N1 de 2019, que matou cerca de 2.100 pessoas

Logo que foi diagnosticado com Covid, Osmar Terra disse que iniciou tratamento precoce com hidroxicloroquina, substância que não tem eficácia comprovada contra a Covid-19.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR