Após recorde de internações, hospital Albert Einstein deixa de atender pacientes de outros estados

Número de doentes é o maior desde o primeiro caso diagnosticado pela instituição, em fevereiro de 2020. Do total de pacientes, 35% está em UTI

O recorde no número de internações por Covid-19 no hospital Albert Einstein, em São Paulo, levou a instituição a suspender o atendimento de pacientes de outros estados.

A informação foi confirmada pelo presidente do hospital, Sidney Klajner, à Folha de S.Paulo. “Sempre atendemos pessoas de todo o Brasil. Mas precisamos nos preocupar para que não faltem leitos para a nossa comunidade, que é São Paulo”, disse.

Segundo informações do jornal, pacientes de outras regiões chegaram a ocupar cerca de 25% dos leitos de UTI do hospital. A taxa foi registrada há alguns meses, quando os casos de Covid-19 estavam em baixa no estado.

Quase um ano depois do primeiro caso diagnosticado pela instituição, em fevereiro de 2020, 140 doentes se encontram em tratamento no hospital. Em abril, mês de pico da doença, 138 pessoas estavam internadas no Einstein.

Dos internados, 21 têm entre 18 e 44 anos, ou 15% do total. Outros 29 têm entre 45 e 59 anos (20,7%) e 90 estão acima dos 60 anos.​ Do total de pacientes, 35% está em UTI — 26 deles, em ventilação mecânica.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR