“Bolsonaro continua a ser o maior aliado do coronavírus”, diz Flávio Dino; Doria não comenta

Comemoração comemorou suspensão dos testes do CoronaVac e gerou críticas nas redes. "Ganhou o troféu de genocida do século", escreveu Orlando Silva. Doria não se pronunciou

A politização do coronavírus por Jair Bolsonaro, que comemorou a paralisação pela Anvisa dos testes da Coronavac nesta terça-feira (10), está sendo duramente criticada por políticos nas redes sociais.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou no Twitter que a declaração mostra que Bolsonaro segue sendo o maior aliado do coronavírus, que já matou mais de 162 mil pessoas no Brasil.

“163.000 mortos no Brasil. E Bolsonaro fala que “ganhou” ? Qual a vitória ? O atraso de uma possível vacina ? Bolsonaro continua a ser o maior aliado do coronavírus no nosso país”, afirmou Dino.

Citado nominalmente na publicação de Bolsonaro – “é a vacina que o Dória queria obrigar a todos os paulistanos tomá-la” -, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não se pronunciou até o momento.

Pelas redes, Doria divulgou a entrevista coletiva com o secretário estadual de Saúde, o médico Jean Gorinchteyn, e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Genocida
Candidato a prefeito de São Paulo, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB) disse que Bolsonaro ganhou o “troféu de genocida do século”.

“Bolsonaro diz que “ganhou” de Doria ao suspender os testes com a vacina coronavac. Ganhou o que? O troféu genocida do século. A politização da vacina às custas de vidas de brasileiros deve ser o passaporte de Bolsonaro para um julgamento por crimes contra a Humanidade”, disse Orlando.

Guilherme Boulos, líder do MST e também candidato à prefeitura paulistana, afirma que “na briga ridícula por 2022 entre BolsoDória, quem perde somos todos nós”.

Publicidade

Manuela d’Ávilla, candidata a prefeita de Porto Alegre pelo PCdoB, criticou a ineficácia do governo federal no caso ao compartilhar reportagem sobre a comemoração de Bolsonaro.

“Saúde é coisa séria. Não há espaço para esse jogo político. É pela ineficácia do governo federal que defendemos a negociação direta do município com países que fabricarão a vacina”, afirmou.

Publicidade
Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR