Bolsonaro foge de entrevista coletiva sobre aplicativo para pagar auxílio do coronavírus

No twitter, a Secretaria de Comunicação da Presidência, chegou a anunciar a participação de Bolsonaro, mas na hora o presidente não apareceu

Desautorizado pela cúpula militar a demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na noite desta segunda-feira (6), Jair Bolsonaro cancelou na última hora a participação na entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (7) para lançamento do aplicativo que vai cadastrar trabalhadores autônomos e informais para pagamento do auxílio de R$ 600 por causa do coronavírus.

No twitter, a Secretaria de Comunicação da Presidência, chegou a anunciar a participação de Bolsonaro, mas na hora o presidente não apareceu.

Participam da entrevista o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o presidente do Dataprev, Gustavo Canuto.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR