Fórum Educação
02 de abril de 2020, 06h47

Bolsonaro troca “O Brasil não pode parar” por “Ninguém fica para trás” em slogan contra o coronavírus

A mudança acontece após o governo contratar por R$ 4,8 milhões a agência iComunicação para produzir a campanha pregando o fim do confinamento, que foi barrada pela Justiça

Nova campanha do governo Bolsonaro contra o coronavírus (Reprodução)

Comandada por Fabio Wajngarten, a Secretária de Comunicação da Presidência da República trocou o slogan da fracassada campanha “O Brasil não pode parar“, usada por Jair Bolsonaro para tentar mobilizar apoiadores contra o isolamento social, pela frase “Ninguém fica para trás” na campanha de combate ao coronavírus.

A mudança acontece após o governo contratar por R$ 4,8 milhões a agência iComunicação para produzir a campanha pregando o fim do confinamento.

No último final de semana, a Justiça Federal do Rio de Janeiro proibiu a União de divulgar a campanha “o Brasil não pode parar”, que defendia que o País não pode parar em razão do novo coronavírus e se posicionava contra o isolamento social.

Nesta quarta-feira (1º), a Secom publicou o primeiro texto da nova campanha nas redes sociais. “Desde o início, todos os esforços para repatriar brasileiros mundo afora… R$ 750 bilhões já foram mobilizados pelo Governo Federal para combater a pandemia e suas consequências sanitárias, sociais e econômicas. Afinal, #NinguémFicaPraTrás!”, diz o tuíte.

Bolsonaro também usou a frase em seu Twitter nesta quarta: “Seguimos lutando para que nenhum brasileiro fique para trás!”, escreveu.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum