segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Brasil ultrapassa 130 mil mortes causadas pelo coronavírus

O país já registrou mais de 4 milhões de infecções por Covid-19 desde o início da crise sanitária, mas Bolsonaro acredita que o Brasil está "vencendo a pandemia"

No mesmo dia em que Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil está “vencendo a pandemia”, o país atingiu mais uma triste marca e superou as 130 mil mortes causadas pelo coronavírus.

Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na noite desta sexta-feira (11), foram contabilizadas 874 novas mores em decorrência da Covid-19, o que totaliza, desde o início da crise sanitária, 130.396 óbitos.

O número de casos confirmados da doença no Brasil saltou para 4.282.164. Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 43.718 novas pessoas infectadas.

“Vencendo a pandemia”

Em evento no interior da Bahia, o presidente Jair Bolsonaro disse, nesta sexta-feira (11), que o Brasil está “praticamente vencendo a pandemia” do novo coronavírus.

Durante discurso no evento, Bolsonaro disse que “o governo fez tudo para que os efeitos negativos” da pandemia fossem minimizados. Elencou o auxílio emergencial, pago a quem perdeu renda por causa da emergência sanitária e estímulo de crédito a micro e pequenas empresas. Além disso, citou investimento em recursos para que “governadores e prefeitos” atendessem a “possíveis infectados”.

Apesar do otimismo do presidente, o Brasil é o segundo colocado em óbitos pela Covid-19 no mundo, atrás apenas de Estados Unidos. Lá, como aqui, Bolsonaro foi “negacionista” no início da pandemia, tentando minimizar seus efeitos. Depois, o próprio Donald Trump, ídolo de Bolsonaro, usou o Brasil como exemplo de país onde as coisas “iam mal” em termos da pandemia.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.