terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Centro de Detenção Provisória em SP tem quase metade dos presos com coronavírus

Uma inspeção realizada na última sexta-feira (7) pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo detectou que 748 presos do Centro de Detenção Provisória II de Pinheiros, na cidade de São Paulo, estão contagiados pelo coronavírus, o que equivale a 46% da população carcerária do local.

O informe da inspeção também observa que 33 policiais que trabalham no local estão afastados por contaminação ou suspeita de contaminação pelo vírus. Outro problema apontado pela vistoria é o da superlotação, que chega a 203%.

Por sua parte, a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo assegura que não houve nenhuma internação em unidade hospitalar, porque todos os detentos positivos por coronavírus estariam assintomáticos.

Nesta quarta-feira (12), o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) deve analisar dois mandados de segurança da Defensoria que pedem a reavaliação dos habeas corpus coletivos apresentados pelo órgão para presos em grupo de risco, que haviam sido indeferidos pelo presidente da Seção de Direito Criminal, Guilherme Strenger.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).