China reitera promessa de acesso universal à sua vacina contra o coronavírus

Governo chinês anunciou que criará fundo especial de um bilhão de dólares para ajudar países em desenvolvimento a ter acesso ao medicamento, e incluirá os países da América Latina e do Caribe em sua cobertura

Em uma reunião virtual com diversos chanceleres da América Latina e do Caribe, realizada nesta quinta-feira (23), o governo da China reforçou a promessa de dar acesso universal à sua vacina contra o coronavírus.

A postura já havia sido manifestada há dois meses atrás, em meio à 73ª Assembleia Mundial da OMS (Organização Mundial da Saúde), mas foi reiterada agora, junto com uma medida também importante: o país criará um fundo de um bilhão de dólares para ajudar países em desenvolvimento a ter acesso ao medicamento.

Na reunião, os representantes do governo chinês enfatizaram a inclusão dos países da América Latina e do Caribe na cobertura desse fundo para ajudar aqueles interessados em adquirir a vacina chinesa.

O ministro do Exterior da China, Wang Yi, afirmou que a ideia da China com esse novo fundo é “consolidar seus laços de cooperação com a região e ajudar os países a superar esta crise de saúde, para retomar as relações de comércio em seu ritmo anterior à pandemia, o mais cedo possível”.

Participaram da videoconferência os representantes diplomáticos de Argentina, Barbados, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, República Dominicana, Equador, México, Panamá, Peru, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela. O Brasil não esteve presente.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR