Coronavírus: Cuba anuncia reativação do turismo com novo protocolo de saúde

Indústria do turismo é uma das principais fontes de investimento no país caribenho, e estava paralisada desde março, quando o vírus chegou à ilha

Com a pandemia do coronavírus relativamente controlada, o Ministério do Turismo de Cuba anunciou, nesta quarta-feira (24) a reabertura dos hotéis e outras atividades relacionadas ao turismo no país.

Para isso, foi lançado um novo protocolo de saúde, que já está vigente e pretende garantir a segurança dos trabalhadores e dos turistas estrangeiros que visitam a ilha. A subsecretária de Turismo de Cuba, Ivis Fernández Peña, afirmou que “o reinício dos serviços será gradual, porque será feito junto com um trabalho de conscientização tanto dos trabalhadores quanto dos turistas, a respeito de uma nova realidade”.

A funcionária estima que 60% da capacidade hoteleira da ilha estará disponível novamente até a próxima semana. “As novas normas de distanciamento social impedem que tenhamos um 100%, mas nossa prioridade agora é garantir aos turistas a segurança em termos sanitários”, completou Fernández

Entre as medidas adotadas estão o treinamento em biossegurança para todos os trabalhadores da rede hoteleira, vistorias quinzenais, reforço nos protocolos de limpeza das habitações e de preparação das equipes médicas obrigatórias em todos os estabelecimentos. Além disso, os hotéis também deverão garantir que clientes nacionais e estrangeiros não compartilharão as mesmas instalações.

O Ministério do Turismo cubano também está preparando campanhas para mostrar que Cuba é um destino turístico seguro, mesmo em tempos de pandemia.

“O sucesso que tivemos em conter o surto no país é o melhor argumento que temos para mostrar aos turistas que estamos preparados para oferecer uma estadia segura para os que vierem a Cuba”, insistiu a subsecretária.

Atualmente, o país comunista tem apenas 65 casos ativos de covid-19, dos quais apenas 1 se encontra em UTI. Todos os demais são considerados leves, embora se mantenham em quarentena obrigatória.

A indústria do turismo é uma das principais fontes de investimento no país caribenho, e estava paralisada desde março, quando o vírus chegou à ilha.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR