Coronavírus: Flávio Dino flexibiliza vários serviços e autoriza volta às aulas

Maranhão apresenta estágio avançado de vacinação, queda no número de casos e nenhuma morte por covid nas últimas 24 horas

Por conta do estágio avançado da vacinação e da reduçao no número de casos e óbitos por Covid no estado, o governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) anunciou em entrevista coletiva, nesta terça-feira (20), a flexibilização de praticamente todas as restrições impostas pelo decreto vigente para combater a pandemia até o dia 30 de julho.

Apesar do uso de máscara ainda ser obrigatório e o distanciamento social continuar a ser recomendado pelo governador, foram liberados vários serviços a partir desta terça-feira. Veja abaixo:

Cinema e teatro: liberados

Evento com até 200 pessoas em ambientes fechados

Evento com até 400 pessoas em ambientes abertos e ventilados

Administração pública estadual: 100% da capacidade

Igrejas: liberados

Grupo de risco vacinado pode retornar ao trabalho após 30 dias

Publicidade

Comércio, indústria, bares, restaurantes, shoppings, academias e supermercados: sem restrição de horários, com regras sanitárias.

“O protocolo universal é o uso de máscaras e distanciamento. Isso não significa dizer que a pandemia acabou, pelo contrário, a pandemia ainda está entre nós, no mundo. Nós temos o momento que podemos sonhar com o extermínio do coronavírus, mas não devemos descuidarmos, se descuidarmos, o coronavírus vai voltar em suas múltiplas variantes”, disse o governador.

Publicidade

Dino anunciou também o retorno às aulas da rede estadual em sistema híbrido para o dia 2 de agosto, com um processo progressivo, de acordo com cada escola. “Nós vamos acompanhando e frisando que é imprescindível o cumprimento de protocolos sanitários”, disse.

Já com relação às redes municipais, a liberação vai depender de cada gestor. “Nós temos o uso obrigatório de máscara e distanciamento social. Nós não podemos esquecer isto. Isso é decisivo, tanto quanto a vacina. A partir dessa premissa, de protocolos sanitários setoriais, nós estamos avançando na flexibilização das atividades econômicas”, disse.

Vacinação

Flávio Dino disse ainda que dos 217 municípios do Maranhão, 145 estão com alta produtividade na vacinação. Apenas 72 cidades estão no patamar mais baixo de imunização e, por conta disso, não receberão as novas doses.

“Com a produtividade dessas cidades, se tem vacina estocada, é claro que não recebe novas doses e, com isso, a vacinação fica para trás. Por isso, enfatizo a premência da aplicação das doses e a alimentação do sistema de informação do Ministério da Saúde para que com isso a população dessas cidades possa receber mais doses e, com isso, haver uma evolução na vacinação”, disse Flávio Dino.

Coronavírus no Maranhão

O Maranhão registra queda no número de casos ativos de Covid-19, ou seja, de pessoas que estão atualmente com a doença. Nesta segunda-feira (19), o estado registrou um total de 34.687 registros. No domingo (18) eram 34.759.

Já o total de mortes por Covid-19 está em 9.445, com novos óbitos registrados em Timon (1), São José de Ribamar (1), Colinas (1), Paço do Lumiar (3) e São Luís (6).

Segundo a secretaria estadual de Saúde, dos novos óbitos registrados, nenhum aconteceu nas últimas 24 horas. Os demais foram registrados em dias e/ou semanas anteriores, e aguardavam o resultado do exame laboratorial para Covid-19.

Com informações do G1

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR