Fórum Educação
28 de março de 2020, 06h17

Coronavírus: Governadores ignoram Bolsonaro e criam órgão para dar respostas unificadas

Abrir o isolamento sem critério, como sugere Jair Bolsonaro, não é opção na mesa

Foto: Reprodução

Os estados resolveram ignorar a inatividade do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) e a submissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e resolveram criar uma câmara técnica formada por secretários estaduais de saúde, médicos e pesquisadores.

O objetivo é dar respostas unificadas ao coronavírus.

O objetivo da câmara é analisar a evolução da doença estado a estado e, a partir daí, projetar as necessidades de cada um e responder às demandas por abrandamento do isolamento.

As informações já devem começar a chegar a partir da semana que vem, quando os prazos dos decretos de fechamento do comércio começam a vencer em muitos estados.

Abrir o isolamento sem critério, como sugere Jair Bolsonaro, não é opção na mesa. A ideia é ter dados científicos para projetar a necessidade de leitos e também para avaliar se é possível aplicar medidas restritivas seletivas, estado a estado.

O governador do Piaui, Wellington Dias (PT) considera que os comerciantes e demais setores também terão que se equipar para voltar. “O setor privado está preparado para isso? Não é só o setor público que deve se preparar”, disse.

Os gestores resolveram tomar o leme do barco com medidas efetivas, já que o governo federal está imerso em contradições internas, com Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Paulo Guedes (Economia) e o vice-presidente, Hamilton Mourão, apontando para direções diferentes.

Com informações do Painel, da Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum