Coronavírus: Instituto cancela atos de dois anos da morte de Marielle Franco

Instituto Marielle Franco lembrou em comunicado que pessoas pobres são as mais vulneráveis ao vírus, "em geral mulheres, pessoas negras e moradoras de favelas e periferias"

O Instituto Marielle Franco, criado pela família da vereadora como forma de continuar o trabalho desenvolvido por ela, informou através das redes sociais que o grande ato deste sábado (14), que marcaria dois anos da morte de Marielle e Anderson Gomes, foi cancelado por conta do coronavírus.

“O número de pessoas contaminadas com o vírus nos próximos dias, deverá ser muito maior do que a quantidade de leitos disponíveis dos hospitais. Serão as pessoas mais pobres, em geral mulheres, pessoas negras e moradoras de favelas e periferias, que mais estarão vulneráveis ao vírus”, escreveu o Instituto no Twitter.

“Pensando em tudo isso e na nossa responsabilidade enquanto Instituto Marielle Franco de não aumentar o risco de contaminação, decidimos alterar a programação do nosso Dia de Ações por Marielle e Anderson, cancelando as atividades que reuniriam grandes quantidades de pessoas”, continuou.

Como forma de não deixar o dia passar em branco, o Instituto está incentivando as pessoas a realizarem um “Amanhecer por Marielle e Anderson” no sábado.

“Pendure uma faixa, lenço, pano amarelo ou girassol na sua janela, laje ou varanda a partir das 7h deste sábado! Poste uma foto com a #JustiçaPorMarielleEAnderson”, recomendou.

Confira:

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR