Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de março de 2020, 20h04

Coronavírus: Líder da oposição em Portugal pede restrições aos voos do Brasil após fala de Bolsonaro

Rui Rio expressou preocupação com os voos vindos do Brasil em razão das declarações de Bolsonaro defendendo o fim do isolamento social

Foto: Reprodução/Facebook Rui Rio

O discurso do presidente Jair Bolsonaro, minimizando os riscos do coronavírus e defendendo o fim do isolamento social adotado em todo o mundo, também provocou reações em Portugal.

O principal nome da oposição portuguesa, o deputado Rui Rio, expressou preocupação com os voos vindos do Brasil em razão das declarações de Bolsonaro. Rio é líder do PSD, partido de direta tradicional e maior legenda de oposição ao governo do primeiro-ministro socialista, Antonio Costa.

“Se isto vier a acontecer, nós vamos ter de nos proteger de forma redobrada e de imediato, relativamente aos voos vindos do Brasil. Desta vez não pode haver atrasos”, publicou Rio no Twitter, ao compartilhar uma reportagem da Agência Lusa sobre o discurso de Bolsonaro com título: “Covid-19: Bolsonaro pede reabertura de escolas, comércio e fim do isolamento”.

Rui Rio, líder da oposição em Portugal, reage à fala de Bolsonaro contra o isolamento

A União Europeia fechou as suas fronteiras externas, com os países que não fazem parte do chamado espaço Schengen, no último dia 17 de março, pela primeira vez na história do bloco. O fechamento da fronteira está decretado, inicialmente, para um período de 30 dias.

No entanto, Portugal manteve rotas áreas abertas com todos os países de língua oficial portuguesa, o que inclui o Brasil, e com países onde há uma comunidade portuguesa de tamanho relevante, como EUA, Canadá, Venezuela e África do Sul. A TAP, por exemplo, ainda mantém dois voos por semana entre São Paulo e Lisboa.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum