O que o brasileiro pensa?
08 de julho de 2020, 18h29

Criança de 7 anos de SC e seus pais tiveram sintomas de Covid um dia após contato com Bolsonaro

A mãe de José Henrique, Flávia Bressan, afirmou que a assessoria do presidente entrou em contato com a família pedindo para que realizassem o teste de Covid, já que estiveram com Bolsonaro no sábado; "O José no domingo deu tipo uma gripe, eu dei remédio para ele, e eu e meu esposo estamos com dor de cabeça e dor no corpo. Estou com muita tosse"

Foto: Arquivo pessoal/ via Diário Catarinense

Após ser diagnosticado com Covid-19, nesta terça-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro orientou que José Henrique, menino de 7 anos com quem se encontrou no último dia 4, em visita a Santa Catarina, realizasse o teste de coronavírus. José é admirador do presidente e tem osteogênese imperfeita, condição caracterizada pela fragilidade dos ossos.

Durante a visita ao estado, Bolsonaro manteve contato próximo com a criança, com quem tirou fotos. Apesar de ambos utilizarem máscara, o contato físico entre os dois pode ter possibilitado a transmissão do coronavírus.

Ao Diário Catarinense, a mãe de José Henrique, Flávia Bressan, afirmou que a assessoria do presidente entrou em contato com a família pedindo que realizassem o teste. Segundo Flávia, ela, o filho e o esposo apresentaram sintomas que podem estar relacionados à Covid-19. “O José no domingo deu tipo uma gripe, eu dei remédio para ele”, contou.

A família, que mora em Tubarão, no sul do estado, teria viajado para Florianópolis para encontrar o presidente. Após retornarem para casa, assessores de Bolsonaro entraram em contato orientando que realizassem o teste, primeiro na segunda-feira (6), e novamente na terça (7), após a confirmação de diagnóstico do presidente.

Flávia afirmou que José apresentou sintomas de gripe no domingo (5), mas que, apesar do susto, a família “não teve medo”. “Eu e meu esposo estamos com dor de cabeça e dor no corpo. Estou com muita tosse. Febre a gente não teve”, disse. “O presidente está superbem. Levamos aquele susto, mas normal.”

Com informações do Diário Catarinense


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum