Desembargadora de Campinas diz que beijo e abraço “com amor” não transmitem coronavírus

Presidente do TRT de Campinas realizou solenidade presencial, com contato físico, e minimizou os riscos de transmissão da doença; assista

A desembargadora Gisela Rodrigues Magalhães de Araújo e Moraes, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª região (TRT-15), em Campinas (SP), segue o discurso do presidente Jair Bolsonaro no sentido de minimizar os riscos de transmissão do novo coronavírus, que já matou mais de 20 pessoas no Brasil.

Em solenidade presencial realizada no último dia 12, a magistrada disse que apertos de mão, beijos e abraços dados “com amor”, não transmitem o coronavírus.

“Quero descansar o coração de todos. Por mais que a gente tenha esse coronavírus aí, que está atrapalhando e vai atrapalhar um pouquinho os nossos futuros aí, dias e meses, hoje essa solenidade foi feita de aperto de mão, foi feita de beijo, foi feita de abraço, e quando a gente faz isso com amor, a gente não pega vírus, não é?” , disse, sob aplausos dos presentes.

O vídeo com a fala da desembargadora começou a circular na redes sociais nesta segunda-feira (23).

Assista.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.