Digão, dos Raimundos, compara pandemia do coronavírus ao comunismo

“Sua empresa não é exatamente sua, abre e fecha quando eles querem. Não pode visitar familiares. Se tem opinião contrária pode ser preso. Se for ao mar vai ser preso”, escreveu o músico

O guitarrista da banda Raimundos, conhecido como Digão, comparou a pandemia do coronavírus ao comunismo em um Stories do seu Instagram .

“Está gostando do comunismo? Governantes mandando você fechar. Toque de recolher. Proibido ir em certos lugares. Liberdade limitada. Comida limitada. Medo provocado por mídias”, escreveu.

“Sua empresa não é exatamente sua, abre e fecha quando eles querem. Não pode visitar familiares. Se tem opinião contrária pode ser preso. Se for ao mar vai ser preso. Soltam criminosos e prendem inocentes”.

Chamado de fascista por internautas, ele respondeu:

“A quem vou dar ouvidos!? Aos Mestres RAMONES que fizeram a minha vida ou a filhinhos bancados por papai e mamãe, doutrinados por mercenários disfarçados de revolucionários!? O único reacionário e fascista é você que não respeita uma opinião! Reza pra não acabar o dinheiro paterno pra pagar o iPhone e internet pra fazer a única coisa que conseguem… ser um hater.”

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.