Dois recordes: 614 mortes e 10,3 mil novos casos de coronavírus em 24h

Registros de novos infectados supera pico de países como Espanha e Itália

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (6) apontam que a pandemia do coronavírus no Brasil segue em franca expansão. O país voltou a superar suas próprias marcas nas últimas 24h e ainda bateu índices de países que ultrapassaram o pico da covid-19.

Segundo o ministério, são 125 mil infectados pelo coronavírus no país, 10.381 novos casos nas últimas 24h. Mortes já chegam a 8.535, sendo 614 relatadas no último dia.

Com os dados, o Brasil já supera seus recordes diários anteriores tanto em contaminados quanto vítimas fatais. Na terça-feira foram 600 mortes e no dia 30 de abril foram 7,2 mil novos casos.

Comparando as informações do Ministério da Saúde com dados do Centro de Pesquisas do Coronavírus, da Universidade Johns Hopkins, o Brasil já supera os picos de Espanha e Itália. O país ibérico registrou 9,6 mil casos no dia 25 de março enquanto os italianos chegaram a 6,6 mil em 21 de março.

Os dois países conseguiram superar os dias mais graves da epidemia através de uma quarentena reforçada. Itália já registrou 29,6 mil mortos enquanto a Espanha teve 25,8 mil óbitos.

O Reino Unido, que ainda não atingiu o pico da doença segundo a União Europeia, teve 8,7 mil casos diários no dia 10 de abril e também foi superado pelo Brasil. Mais erráticos quanto à quarentena, os britânicos chegaram a 30 mil mortes nesta semana e se tornaram o país europeu com mais óbitos.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.