Em quarentena, casal com coronavírus mantém empregada doméstica trabalhando no RJ

O Rio de Janeiro é o segundo estado com maior número de infectados, atrás apenas de São Paulo

O casal de idosos da Zona Sul do Rio de Janeiro que foi registrado como o primeiro a contrair o novo coronavírus no estado por transmissão local foi posto em quarentena, mas segue com os serviços de uma empregada doméstica.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do O Globo, empregada do casal formado por um homem de 72 anos e uma mulher de 68 segue trabalhando normalmente, usando avental, luvas e máscara. Ela já realizou teste de Covid-19 e o resultado foi negativo.

O homem foi registrado como o primeiro caso de transmissão local de coronavírus no Rio de Janeiro. Ele foi infectado em congresso médico realizado no estado.

A jornalista Vicky Régia, do portal Gênero e Número, criticou o episódio. “A corda sempre arrebenta para um lado, que tem gênero e raça. E quem vai cuidar das que cuidam dos outros? Enquanto o casal está em quarentena em casa, ‘a empregada do casal, cujo exame deu negativo, está trabalhando de avental, luvas e máscara'”, tuitou.

Até o momento, o Rio de Janeiro possui 16 casos confirmados e possui 76 suspeitos. Outros 146 já foram descartados. No Brasil são 77 confirmações e 1422 suspeitas.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR