Fórum Educação
03 de abril de 2020, 07h14

EUA registram recorde de 1.169 mortes em 24 horas sob política de Trump para o coronavírus

No mundo, o número de contaminados pelo coronavírus passou de 1 milhão, com 53.211 mortes, segundo o Instituto Johns Hopkins

A política de combate ao coronavírus de Donald Trump nos Estados Unidos, que é copiada por Jair Bolsonaro no Brasil, resultou na morte de 1.169 estadunidenses em 24 horas – entre as 20h30 de quarta-feira (21h30 de Brasília) e o mesmo horário desta quinta.

A contagem supera mortes já registradas no mesmo intervalo de tempo na Itália, Espanha e China. O recorde diário anterior pertencia anteriormente à Itália, onde 969 pessoas morreram em 27 de março.

Com os números, os Estados Unidos chegaram ao total de 5.926 mortos com 245.573 casos da doença.

No mundo, o número de contaminados pelo coronavírus passou de 1 milhão, com 53.211 mortes, segundo o Instituto Johns Hopkins.

Até esta quinta-feira (2), a Itália era o pais com mais mortes – 13.915 na última contagem – e o segundo com mais casos, contando 115.242 contaminados.

A Espanha já divulgou a atualização dos números nesta sexta-feira (3) com o número de casos subindo de 112.065 para 117.710, ultrapassando a itália. O ministério da saúde espanhol também informou que, pelo segundo dia, o país ultrapassou a barreira de 900 mortos em 24 horas.

Com os 932 óbitos divulgados nesta sexta-feira, 10.935 já morreram pela doença na Espanha.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum