Fórum Educação
19 de março de 2020, 14h18

EUA usam remédio de malária em tratamento contra o coronavírus

Os primeiros testes do uso clínico da hidroxicloroquina em pacientes com coronavírus foi realizado na França. Um grupo que recebeu 600 mg diariamente apresentou “resultados animadores” segundo os médicos

Reprodução/TV estatal chinesa

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que a FDA (sigla em inglês do Departamento de Administração de Alimentos e Medicamentos) autorizou nesta quinta-feira (19), o uso de um produto derivado da cloroquina a pacientes infectados com coronavírus.

A cloroquina é um medicamento que foi desenvolvido para a utilização em tratamento contra a malária, mas segundo cientistas estadunidenses também poderia ajudar na recuperação de pessoas com covid-19.

A revista especializada Clinical Infectious Diseases publicou nesta quarta-feira (18), um artigo que mostra os resultados de uma investigação que revelou como “a hidroxicloroquina, um derivado menos tóxico da cloroquina, é eficaz na inibição in vitro da infecção por SARS-CoV-2” – lembrando que SARS-CoV-2 é o nome científico dado ao vírus, e covid-19 é o nome da doença que ele provoca.

O estudo no qual se baseia o artigo foi escrito por cientistas chineses, da Academia de Ciências de Wuhan. “Prevemos que o medicamento tem um bom potencial para combater a doença”, dizem os autores do texto.

Os primeiros testes do uso clínico da hidroxicloroquina em pacientes com coronavírus foi realizado em Marselha, na França. Um grupo que recebeu 600 mg diariamente apresentou “resultados animadores” segundo os médicos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum