Flávio Dino abre edital de revalidação de diploma médico para combater a Covid-19

A medida deve trazer de volta ao Maranhão os médicos cubanos afastados do programa Mais Médicos por Bolsonaro antes mesmo de assumir o governo

O governador Flávio Dino, através da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), divulgou nesta sexta-feira (8) o edital do Processo Especial de Revalidação de Diploma de Médico. A medida tem como objetivo atender à emergência por mais profissionais da área de saúde para atuar no enfrentamento da pandemia da Covid-19.

A revalidação de diploma, em caráter excepcional, pode ser solicitada por médicos graduados em instituições estrangeiras de Ensino Superior e que irão atuar na frente de combate ao novo coronavírus no Maranhão.

As inscrições para o Processo estão abertas e o prazo se estende até 13 de maio. A inscrição é online, por meio do endereço eletrônico http://www.prog.uema.br/revalidacao-medicina-especial/.

Médicos Cubanos

A medida deve trazer de volta ao Maranhão os médicos cubanos afastados do programa Mais Médicos pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) antes mesmo de assumir o governo.

Dino não está sozinho. O governador do estado do Pará, Hélder Barbalho, contratou, no final de abril, 86 médicos cubanos para trabalharem na linha de frente contra o coronavírus.

Os profissionais são os que permaneceram no Brasil e ainda não foram reinseridos no programa Mais Médicos.

O estado puxou a fila. Paraná, Bahia, Goiás e Mato Grosso do Sul avaliam o projeto do Pará para analisar a viabilidade de replicá-lo.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR