Fura-fila: Abin vacina 130 servidores contra Covid-19

Os imunizados não estavam na lista de prioridades divulgada pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Um grupo de 130 servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), lotado em Brasília, furou fila e recebeu vacina contra a Covid-19, em um posto de vacinação do Exército.

Os imunizados não estavam na lista de prioridades divulgada pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF), de acordo com reportagem de Manoel Ventura e Daniel Gullino, em O Globo.

A secretaria alegou que os servidores faziam parte do “grupo de Força de Segurança e Salvamento”. No entanto, o governo do DF divulgou, no final de abril, que a vacinação para os profissionais das forças de segurança abrange PMs, policiais civis e federais, agentes do Detran, bombeiros e “forças que apoiam o decreto” distrital que impõe medidas restritivas.

No último caso, as prioridades seriam, segundo a secretaria, trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes; trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar; trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19 e trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público.

“Os demais trabalhadores das forças de segurança pública e Forças Armadas, que não se enquadram nas atividades descritas acima, serão vacinados de acordo com o andamento da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Covid-19”, afirmou a secretaria, no dia 25 de abril.

Discrição e sigilo

“A listagem foi enviada diretamente para o Exército, considerando a importância da discrição quanto ao sigilo das atividades e nomes desses servidores”, disse, ainda, a pasta.

Em nota, a Associação Nacional dos Oficiais de Inteligência admitiu que a imunização ocorreu a seu pedido e o critério “foi a exposição a risco epidemiológico decorrente do trabalho por parte dos servidores lotados na sede da Abin, em Brasília”.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.