Governadora do RN classifica festa na praia como “inaceitável” e anuncia fiscalização mais dura

Fátima Bezerra (PT) anunciou que, após as cenas de aglomeração em uma festa na praia de Ponta Negra, a mais famosa de Natal, convocará prefeitos para discutir o descumprimento das medidas de isolamento social

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), foi às redes sociais nesta segunda-feira (20) para condenar a festa realizada no domingo (19) na praia de Ponta Negra, a mais famosa da capital do estado, Natal.

Dezenas de jovens se aglomeraram entre a parte da tarde e da noite do domingo em um deck no calçadão da praia ao som de música alta e consumo de bebida alcoólica – a maioria não utilizava máscara de proteção.

A Polícia Militar informou que, ao constatar a aglomeração, dispersou os presentes. Já a Guarda Municipal de Natal disse que fez fiscalização no início da tarde e não constatou irregularidades.

Para a governadora Fátima Bezerra, a realização da festa é “inaceitável”. “O que vimos em Ponta Negra neste final de semana é inaceitável. Tenho alertado que a pandemia não foi embora, o vírus continua aí. Isso que vimos põe em risco todo o trabalho de prevenção que vem sendo realizado”, disse a mandatária estadual.

Por conta do ocorrido, a governadora informou que já convocou para uma reunião os prefeitos das 20 cidades litorâneas do estado, bem como entidades das empresas de turismo, representantes dos bares e restaurantes, para discutir “medidas mais fortes de fiscalização”.

“Cobrando o papel das prefeituras, inclusive aquelas que foram à Justiça pedir para legislar no plano local, flexibilizando medidas. Cabe a elas a fiscalização no cumprimento dessas normas”, explicou Fátima Bezerra.

De acordo com o mais recente balanço do Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte registrou, até a noite desta segunda-feira (20), 43.957 casos de Covid-19 e 1.585 óbitos causados pela doença.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR