Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de março de 2020, 13h54

Governo Bolsonaro quer usar navios para isolar pessoas de baixa renda com coronavírus

Para o secretário executivo do Ministério da Saúde, a ideia será "promissora" no Rio de Janeiro. O estado é o segundo com o maior número de infectados

Reprodução

O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, anunciou esta semana que o governo avalia utilizar navios para isolar e tratar pessoas de baixa renda infectadas com coronavírus. O público alvo da medida seriam pessoas com casos leves, que não exigem leitos de UTI, e que morem em regiões litorâneas.

Temos de tratar da alimentação dessas pessoas, do monitoramento, da terapia, medicamentos que serão disponibilizados. E caso os pacientes tenham agravamento, teremos condições para que possam ser rapidamente atendidos, mesmo dentro do navio”, disse o secretário. Ele explicou ainda que há aproximadamente 20 navios disponíveis para este fim.

A pasta declarou ainda que o Rio de Janeiro é o local onde a ideia tem chances de ser “promissora”. O estado é o segundo com o maior número de infectados, além de ter cerca de 1,5 milhão de pessoas vivendo em comunidades.

De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, a ideia foi discutida segunda-feira (16) em reunião reservada do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF). Um dos pontos levantados é que as pessoas de baixa renda não possuem saneamento básico e, muitas vezes, compartilham com parentes casas com apenas um ou dois cômodos.

“Tem várias alternativas. Mas confesso que nenhuma das que estávamos vendo é melhor do que essa, de usar navios no Rio”, disse Gabbardo. “É uma preocupação. Como colocar em isolamento o cidadão que mora em comunidades no Rio, com a quantidade enorme de pessoas na mesma residência, que muitas vezes tem só um ou dois quartos”, finalizou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags