O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 13h59

Governo Bolsonaro volta atrás e deve ampliar auxílio emergencial em duas parcelas de R$ 600

Bolsonaro havia anunciado que prorrogação seria de três parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Bolsonaro e Paulo Guedes - Foto: Marcos Corrêa/PR

Membros do governo afirmaram nesta terça-feira (30) que o presidente Jair Bolsonaro pretende alterar mais uma vez a ampliação do auxílio emergencial. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, presidente deve propor uma prorrogação de duas parcelas de R$ 600.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, também sinalizou que o valor poderá ser estendido por um tempo ainda maior. “Se não descer [a pandemia], lá vamos nós pensar de novo em quanto tempo mais teremos que segurar o fôlego”, disse.

O ex-capitão havia anunciado ao lado do ministro, na última quinta-feira (25), que a ampliação do auxílio seria por mais três meses em parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

A proposta inicial do governo foi de ampliar o programa em duas parcelas de apenas R$ 300. A medida, no entanto, poderia sofrer uma derrota no Congresso.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum