Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de março de 2020, 20h07

Guedes anuncia plano contra coronavírus e critica quarentena

O Bolsa Família deve receber um milhão de novos beneficiários em meio à crise

Antonio Cruz/Agência Brasil

Com o objetivo de conter os possíveis prejuízos da epidemia de coronavírus na economia, o ministro Paulo Guedes anunciou nesta segunda-feira (16) uma plano que promete injetar R$ 147 milhões. O economista ainda polemizou ao dizer que o “país entra em colapso” se as pessoas ficarem em casa.

O pacote de Guedes promete destinar R$ 83,4 bilhões em ações para a população mais vulnerável, R$ 59,4 bilhões para a manutenção de empregos e R$ 4,5 bilhões para o combate direto à pandemia.

“Vamos cuidar dos mais idosos. Já anunciamos os R$ 23 bi para entrar em abril e mais R$ 23 bi para maio (sobre antecipação para aposentados e pensionistas do INSS) e antecipar abonos para junho (R$ 12 bi)”, disse o ministro.

O Bolsa Família também deve ser turbinado com R$ 3,1 bilhões disponíveis para a inclusão de 1 milhão de novos beneficiários no programa.

O ministro também polemizou ao dizer que as pessoas devem continuar trabalhando em meio à pandemia. “Se ficar todo mundo em casa [a economia] entra em colapso. Se ficar todo mundo na rua também tem problemas, deve ter um meio-termo”, declarou o ministro.

Guedes citou o Reino Unido como exemplo para defender que os jovens sigam trabalhando normalmente enquanto os idosos ficam em casa. O país tem sido bastante criticado por adotar uma tática que enxerga a contaminação em massa como algo positivo.

Com informações da Agência Brasil e do Uol

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum