Fórum Educação
06 de abril de 2020, 17h58

Homem desrespeita lei da quarentena e faz graça em frente a carro da Guarda Municipal em Santos

A circulação no calçadão de Santos está proibida pela Prefeitura; assista vídeo

Reprodução

Por Glauco Braga, na Folha Santista

A Prefeitura proibiu a circulação de pessoas pelo calçadão da orla de Santos a partir deste sábado (4), coma colocação de grades e fitas zebradas. A medida foi decretada nesta sexta-feira e tem validade de uma semana, podendo ser ampliada ou flexibilizada após esse período, de acordo com a evolução dos contágios pelo novo coronavírus na Cidade. (Veja o vídeo)

Já a ciclovia ficou limitada ao uso exclusivo daqueles que usam bicicleta para trabalhar, ficando vetada para atividades esportivas, turísticas e de lazer. Os decretos municipais 8.896 (19/3/2020) e 8.898 (20/3/2020) declararam, respectivamente, estado de emergência e estado de calamidade pública na Cidade.

No domingo, o que se viu em um vídeo postado na internet foram dois homens perto de uma viatura da Guarda Civil Municipal, que está fazendo o controle e aconselhando a pessoas a ficar em casa, e um desses homens corre em círculos, fazendo graça e falando com os guardas. Parece que insistia que queria correr na praia, apesar de aparentar estar bem acima do peso.

A Reportagem apurou que o autor do vídeo acionou a Polícia Militar, já que em caso de desrespeito às determinações, com respaldo do artigo 268 do Código Penal, os infratores estão sujeitos a pena de detenção e multa. Os dois foram embora antes da viatura chegar.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Santos informou que a Guarda Civil Municipal relatou apenas que os munícipes em questão estavam pedindo ao guarda informações sobre a proibição da presença de pessoas no calçadão, e que ambos deixaram o local na sequência.

Assista:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum