O que o brasileiro pensa?
10 de abril de 2020, 10h35

Hospital da Unimed nega que tenha tratado com cloroquina “primo” de robôs bolsonaristas

"Primo Antonio Carlos", de 67 anos, que teria sido curado com cloroquina no hospital é mais uma fake news defendida por milícia virtual para tentar colocar fim ao isolamento social

Hospital da Unimed Barra/ Reprodução

O Projeto Comprova apurou a história do “primo do Antonio Carlos” que se espalhou pelo Twitter na última quinta (9). De acordo com informações do Hospital Unimed-Rio, não existiu nenhum paciente com as características descritas. O paciente seria um homem chamado Antonio Carlos, de 67 anos, “primo” do(s) autor(es) do tuíte, que teria sido curado da Covid-19 com o uso de cloroquina no hospita da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O autor do post afirma que tinha acabado de sair do Hospital Unimed da Barra, onde o “primo Antonio Carlos de 67 anos”, detectado há 16 dias com Covid-19, havia sido curado após tratamento com cloroquina, e se coloca à disposição da Record para entrevistas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum