segunda-feira, 26 out 2020
Publicidade

Instituto Butantan: vacina chinesa produziu imunidade em 97% dos testados no Brasil

Os testes realizados em São Paulo com cerca de 9 mil voluntários mostraram que os únicos efeitos colaterais, relatados por uma pequena minoria, foram dores no local da picada

As primeiras informações com os resultados dos testes da vacina CoronaVac realizados no Brasil são bastante animadores. O produto desenvolvido pelo laboratório chinês SinoVac foi aplicado em cerca de 9 mil voluntários selecionados pelo Instituto Butantan, e desenvolveu imunidade contra o coronavírus em 97% dos casos.

Além disso, as poucas pessoas que alegaram ter sofrido efeitos colaterais da vacina reclamaram apenas de dor no local da picada, o que mostra que a vacina é segura.

Os testes também comprovaram que a vacina precisará ser aplicada em duas doses diferentes, com uma diferença de 14 dias entre uma e outra.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, comentou os resultados dizendo que “a vacina provou que é segura, ainda faltam mais alguns dados a serem publicados, mas os que temos até agora mostram que ela tem grandes resultados”.

Covas também disse que o Brasil poderia ser o primeiro país a ter aplicação dessa vacina em grande escala, mas essa possibilidade também depende da colaboração do Ministério da Saúde nesse sentido.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).