Janja, esposa de Lula, lembra da mãe morta por covid ao tomar vacina: “Fora genocida”

Dona Vani Terezinha Ferreira, mãe de janja, morava com a filha e Lula e morreu por civid em outubro do ano passado

Rosangela Silva, a Janja, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tomou a vacina contra a covid-19, nesta terça-feira (15), exibindo um cartaz com as hashtags #VivaoSUS e #ForaGenocida.

Janja afirmou em postagem que não conseguiu segurar o choro ao lembrar de sua mãe, morta por covid em outubro do ano passado. “Chorei por ela e por quase 500 mil vidas perdidas. Muitas dessas que poderiam ter sido salvas se a ciência prevalecesse! Viva o SUS e seus valorosos profissionais da saúde. Gratidão.”

Dona Vani Terezinha Ferreira, a mãe de janja, morava com a filha e Lula e era cuidada pelo casal. Ela foi internada por conta de uma infecção urinária e logo teve alta.

Logo após, precisou ser reinternada com complicações pulmonares e foi diagnosticada com Covid-19.

Dona Vani chegou a ser intubada e ficou na UTI do Hospital das Clínicas de São Bernardo do Campo, pelo SUS. Depois de 15 dias ela melhorou e saiu do isolamento. Ela morreu a seguir, após complicações. A causa da morte não foi divulgada.

Lula e Janja chegaram a fazer testes para o Coronavírus na época, mas não foram contaminados.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR