Luciano Hang conhecia o TrateCov antes de ser lançado; veja o vídeo

Aplicativo que recomendava medicamentos como a cloroquina, a hidroxicloroquina e a azitromicina para a Covid não ficou nem dez dias no ar

O aplicativo TrateCov foi lançado em Manaus pelo ministério da Saúde no dia 14/01 deste ano. O empresário Luciano Hang, no entanto, já sabia sobre o aplicativo antes disso. No dia 09/01, o “Véio da havan” descreveu em um vídeo o sistema de “pontos” da plataforma, desconhecida até então.

Em um vídeo postado nas suas redes sociais, Hang apresenta duas médicas que o informam que o ministério da Saúde adotou o sistema. Dois dias depois, ela aparece falando sobre o aplicativo em uma Unidade de Saúde de Manaus. As informações são do jornalista Sam Pancher, do Metrópoles.

No vídeo, Hang diz que vai postar o organograma de diagnóstico com as perguntas sobre os sintomas. O que ele descreve é o aplicativo TrateCov, que ainda não havia sido lançado nem divulgado. “É um score que eu tenho, que tá no nosso grupo”, descreve ele.

A médica que está com Hang cita ainda o infectologista Ricardo Zimerman, que foi a Manaus no dia 11/01 defender o tratamento precoce, no lançamento do TrateCov. No final, Hang avisa: “está se formando no país, do qual eu faço parte de um grupo de empresário e médicos em favor do tratamento precoce”, encerra. Veja abaixo:

O “TrateCov”, aplicativo lançado pelo ministério da Saúde para auxiliar médicos no diagnóstico da covid que recomendava o “tratamento precoce” a pacientes que têm sintomas que podem ou não ser da Covid-19, saiu do ar pouco mais de uma semana depois, no dia 21/01. O “tratamento” indicado incluía medicamentos que, segundo demonstraram diferentes estudos, não funcionam contra a doença, como a cloroquina, a hidroxicloroquina e a azitromicina.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.