sexta-feira, 23 out 2020
Publicidade

Lula diz que Pazuello “não entende nada de pandemia”: “Não temos ministro da Saúde”

O ex-presidente ainda cobrou uma atuação do governo na geração de empregos: "O rico tem sobrevida, o pobre não tem. A fome não pode esperar"

Em entrevista realizada nesta quinta-feira (24), o ex-presidente Lula voltou a criticar a gestão do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus, que já deixou quase 140 mil mortos no país. O ex-líder sindical ainda pregou a

“Nós não tivemos ministro da Saúde. Tivemos o Mandetta no primeiro momento, que até antes criticava o SUS, mas terminou em uma posição boa, aí colocou um médico que tinha experiência em fundo de investimento e agora tem um general que não entende nada de medicina. É lamentável, é triste”, declarou em entrevista à Rede Brasil FM de Vitória da Conquista (BA).

“Lamentavelmente, não temos ministro da Saúde, temos um general que não entende nada de medicina, nada de pandemia. Se não fosse o SUS a gente estaria no caos”, completou.

O ex-presidente voltou a pregar um estado forte e defendeu a criação de empregos. “O rico tem sobrevida, o pobre não tem. A fome não pode esperar. Quem está desempregado tá desesperado. O maior prazer de uma pessoa humilde é saber que tem um emprego, que no fim do mês vai ter seu salário e poder cuidar da sua família”, declarou.

Lula encerrou a entrevista fazendo uma agradecimento ao povo nordestino. “Se não fosse o povo do nordeste, se não fosse o povo trabalhador, jamais um torneiro mecânico chegaria aonde eu cheguei e nem poderia ter feito o que eu fiz”, finalizou.

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.