quinta-feira, 1 out 2020
Publicidade

Maduro afirma que Venezuela tem medicamento que cura o coronavírus

Em entrevista para a televisão estatal VTV, a vice-presidenta da Venezuela, Delcy Rodríguez, anunciou os primeiros dois casos de coronavírus no país.

Os dois casos, segundo Rodríguez, são de pessoas que vivem em Caracas, e estão sob cuidados intensivos. Não foi dada maior informação a respeito dos pacientes, mas se confirmou que ambos serão submetidos ao tratamento com o antiviral Interferón Alfa 2B.

Horas antes do anúncio dos dois primeiros casos, o presidente Nicolás Maduro afirmou, também no canal estatal, que a Venezuela estava preparada para enfrentar o coronavírus, “graças ao convênio médico que temos há anos com a nação irmão de Cuba, que nos trouxe um medicamento que cura o coronavírus, e que tem sido um sucesso na China”.

Maduro se referia ao Interferón, um antiviral que, desde fevereiro, quando os médicos cubanos enviados ao país asiático passaram a utilizá-lo nos pacientes chineses, tem mostrado excelentes resultados. Segundo a imprensa chinesa, o medicamento já curou mais de 15 mil pessoas.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).