Média de casos de Covid na Copa América é três vezes maior que a de gols

O cálculo foi feito a partir de dados do ministério da Saúde, que levantou casos entre delegações, prestadores de serviços e funcionários da Conmebol

Levantamento da CNN Brasil com base em dados do ministério da Saúde aponta que a Copa América no Brasil registrou a média diária de casos de Covid entre as delegações e prestadores de serviços três vezes maior do que média de gols na competição.

A competição tem registrado média de sete casos positivos para o novo coronavírus por partida. Já a média de gols, até o final da rodada deste sábado (3) pelas quartas de final, está em dois por partida.

A competição contou, até a noite desta sexta-feira (2), 154 infectados pela Covid-19, de acordo com o ministério da Saúde. A lista inclui 36 jogadores e 116 membros das delegações, prestadores de serviços terceirizados e dois funcionários da Conmebol.

As contaminações foram confirmadas em todas as sedes: Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Rio de Janeiro (RJ).   

O ministério da Saúde informa ainda que foram realizados até o momento 23.045 testes de RT-PCR nos envolvidos pela realização da Copa América. A positividade de casos por Covid-19 geral foi de 0,67%.

A final do campeonato está marcada para acontecer no dia 10 de julho.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR