O que o brasileiro pensa?
22 de março de 2020, 15h50

Medicamento promovido por Bolsonaro intoxica pacientes com coronavírus na Nigéria

Autoridades do país africano confirmam que duas pessoas com Covid-19, que faziam tratamento com cloroquina, foram internadas por intoxicação, e estão em estado grave

Imagem: Reprodução

As autoridades da Nigéria anunciaram na sexta-feira (20) que duas pessoas infectadas com o Covid-19 se encontravam internadas em estado grave após sofrer reações adversas ao tratamento com cloroquina.

O medicamento, que normalmente é utilizado em tratamentos contra a malária, vem sendo mencionado pelo presidente Jair Bolsonaro como “cura do Covid-19”, mas na verdade, seu uso em pacientes com a doença ainda está sendo provado pelos médicos e cientistas – incluindo uma equipe do Hospital Albert Einstein, citada por Bolsonaro para justificar a produção da cloroquina pelo laboratório do Exército, embora os brasileiros também estejam apenas experimento o tratamento.

O uso da cloroquina e da hidroxicloroquina (derivado da primeira) em pacientes com coronavírus surgiu a partir de um estudo da Academia de Ciências de Wuhan, publicado em uma revista estadunidense, e que levou o governo de Donald Trump a autorizar o seu uso nos Estados Unidos.

No entanto, alguns especialistas alegam que mesmo o uso da hidroxicloroquina, que é um derivado mais leve, ainda está sendo provado, e que embora alguns resultados de provas realizadas na China sejam positivos, não existe certeza de que ela serve para todos os tipos de pacientes, e ainda não sabe ao certo os efeitos colaterais que podem causar.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum