Fórum Educação
02 de abril de 2020, 16h09

Milionários se isolam em iates de luxo para evitar coronavírus

Personalidades da moda, tecnologia e esportes estão em suas embarcações em praias da América Central

Reprodução/Superyachtfan

Milionários estão se isolando em seus iates, em praias da América Central, para evitar serem contaminados pelo coronavírus. Segundo o site estadunidense Page Six, figuras famosas como Tommy Hilfiger e o co-fundador do Google estão seguindo essa ideia como forma de “auto-proteção”.

Hilfiger teria comprado o iate “Flag”, onde se refugia próximo à ilha de São Vicente e Granadinas. Já um dos co-fundadores do Google, Sergey Brin, estaria em seu barco, de nome “Dragon Fly”, no Caribe. Os atuais administradores da Microsoft também estariam em uma embarcação, no Golfo do México, segundo o Page Six.

A tendência também inclui personalidades do esporte: o bilionário russo Roman Abramovich, dono do clube de futebol Chelsea, está passando o período de isolamento em seu iate, na ilha de São Bartolomeu.

O comportamento se opõe ao discurso de celebridades que sugerem a “ausência de barreiras sociais” para a pandemia, e que “estamos todos no mesmo barco”.

No Brasil, trabalhadores informais já sofrem com a redução da renda devido à pandemia e aguardam o início da distribuição do auxílio de R$ 600 por parte do governo federal.

A tendência de milionários se isolarem em seus barcos particulares já havia sido identificada no início das medidas de controle. No dia 5 de março, o jornal estadunidense The New York Times escreveu sobre as tendências no mercado de luxo: “Viajantes que estavam planejando férias em países afetados, com a Itália, estão optando por se isolar em iates, para aproveitar o sol do Mediterrâneo longe das costas infectadas”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum