Ministério da Saúde tem estoque parado de quase 10 milhões de testes para Covid-19

Número é o dobro do que foi distribuído até então. Pasta comprou lotes do produto sem ter garantia de que haveria insumos para processar os exames

O Ministério da Saúde acumulou um estoque de 9,85 milhões de testes para Covid-19. O número é quase o dobro dos cerca de 5 milhões de exames distribuídos até então aos Estados e municípios pelo governo federal. A informação é do jornal Estado de S.Paulo.

De acordo com o ministério, os testes não estão sendo distribuídos por falta de insumos para processar os exames. O governo de Jair Bolsonaro, portanto, comprou milhares de lotes de exames sem ter garantia de que haveria todos os reagentes necessários.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que teve dificuldades para comprar os insumos no mercado internacional, mas que está estabilizando a distribuição. A pasta ignorou questionamentos do jornal sobre possíveis alertas de técnicos durante o planejamento da compra dos testes.

A escassez de exames tem sido um dos principais argumentos utilizados por centros de pesquisa e universidades para justificar uma possível subnotificação dos casos da doença no Brasil.

Técnicos do ministério chegaram a projetar que o país realizaria 110,5 mil testes por dia, segundo ata do Centro de Operações de Emergência (COE) da pasta, de 4 de junho. A média diária em julho, no entanto, foi de 15,5 mil exames, segundo último boletim epidemiológico da Saúde.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR