Fórum Educação
08 de abril de 2020, 18h39

Mortes por coronavírus já superam “previsão” de Bolsonaro

Em entrevista concedida há cerca de 2 semanas, o presidente minimizava a doença e dizia que a Covid teria menos de 800 óbitos

Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Dados revelados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (8) contrariam as previsões do presidente Jair Bolsonaro feita há cerca de duas semanas sobre a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista dada ao Domingo Espetacular, da Record TV, na dia 22 de março, Bolsonaro afirmou que a Covid-19 não ultrapassaria o número de mortos registrados por gripe H1N1 em 2019 -796.

“O número de pessoas que morreram de H1N1 no ano passado foi da ordem de 800 pessoas. A previsão é de que não chegará nesta quantidade de óbitos no coronavírus. Tem certos números que têm que ser levados em conta”, afirmou o presidente na ocasião.

Segundo o ministério, já são 800 mortes provocadas pela doença no Brasil. Enquanto os dados do H1N1 são relativos a todo o ano de 2019, os da Covid são de menos de dois meses de epidemia.

Durante a pandemia de H1N1 de 2009 (gripe suína), foram registrados 2.160 óbitos no Brasil entre abril e janeiro do ano seguinte. 58.178 pessoas foram infectadas no país.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum