Fórum Educação
28 de março de 2020, 20h17

MP barra distribuição de cânfora por prefeito em SC como medida contra coronavírus

De acordo com a prefeitura de Itajaí, medicação serviria para aumentar a imunidade. Promotoria diz que ação poderia aumentar número de infectados na cidade

Volnei Morastoni (Reprodução)

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) emitiu uma recomendação para impedir a prefeitura de Itajaí de distribuir doses de cânfora, conhecida comercialmente com o nome de “Vick VapoRub”, como medida de prevenção ao coronavírus. A ação foi coordenada pelo próprio prefeito do município, Volnei Morastoni (MDB), que é médico homeopata, e ocorreria neste domingo (29).

A prefeitura entregaria o medicamento de porta em porta no município, alegando que a cânfora serviria para aumentar a imunidade. Contudo, na recomendação contra ação, o promotor Maury Viviani afirma que “não existe terapia alternativa ou remédio licenciado capaz de evitar o contágio ou tratar a doença do coronavírus”.

Ainda de acordo com o MP, “a cânfora pode dar a sensação de falsa segurança ou imunidade na população, mas o medicamento não possui amparo científico, circunstâncias que podem ocasionar grave risco à saúde pública e à ordem social”.

A própria Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) condenou a medida e disse que, até o momento, “não existem medicamentos homeopáticos comprovadamente eficazes para a prevenção ou tratamento de enfermos acometidos pelo coronavírus”.

No Facebook, Morastoni defendeu o uso do medicamento e disse que aguarda um protocolo estadual de uso da cânfora para retomar a ação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum