No estilo Alexandre Garcia, governo apaga recomendação do uso de cloroquina do site do ministério da Saúde

A recomendação estava no site há 337 dias, mas pouco antes da instalação da CPI do Genocídio foi retirada

Ficou no ar durante 337, mas agora sumiu. Poucos dias antes do início da CPI do Genocídio, o ministério da Saúde do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) retirou do ar a recomendação sem comprovação científica do uso da cloroquina no tratamento da Covid-19.

O desaparecimento da recomendação ocorreu depois de uma reunião na Casa Civil da Presidência e de uma lista de 23 questões sobre o enfrentamento da pandemia a que os ministérios deveriam responder.

Entre elas estava: “o governo promoveu tratamento precoce sem evidências científicas comprovadas”.

A lista foi encaminhada ao Ministério da Saúde no dia 21. No dia seguinte, não estava mais visível no site do ministério a nota informativa no 17/2020, de 30 de julho de 2020.

Com informações da Piauí

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.