Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de março de 2020, 15h53

Nova Iorque concentra 6% dos casos de coronavírus do mundo

Cidade apresenta maior proporção de casos do que a Itália

Foto: Ed Reed / Mayoral Photography Office

O estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos, já concentra cerca de 6,5% dos casos de Covid-19 no mundo. O aumento abrupto do número de casos preocupa as autoridades, que determinaram a paralisação quase completa de uma das metrópoles mais movimentadas do planeta.

O número de casos confirmados no estado atingiu 20.885 casos na última segunda-feira (23), quando o aumento em relação ao dia anterior foi de cerca de 4 mil casos. Na manhã de terça (24), o estado já tinha 25,665 casos, e 210 mortes confirmadas, enquanto a cidade de Nova Iorque, nessa noite, contabilizou 15,597 casos e 192 mortes. A cidade tem 40% casos per capita a mais do que a Itália, país que já contabilizou mais de 6 mil mortes e é considerado o centro da pandemia no momento.

O aumento do número de casos está relacionado com a facilidade de disseminação da doença e com o aumento no número de testes aplicados pelas autoridades nos últimos dias. O número de pessoas testadas diariamente foi de mil para 16 mil nos últimos 10 dias, depois que o estado foi autorizado a aplicar os testes por conta própria. Com um maior número de testes, é possível confirmar mais casos e tomar as medidas necessárias. No estado, já foram testadas 91 mil pessoas. No Brasil, por exemplo, até o dia 19 de março, o Ministério da Saúde havia distribuído menos de 18 mil testes, com previsão de enviar mais 40 mil até abril.

Algumas das características apontadas pelas autoridades como fatores de facilitação da disseminação do vírus em Nova Iorque são a alta densidade populacional da cidade (mais de 10 mil pessoas por km²) e o grande trânsito de pessoas vindas de diversos lugares do mundo.

Após o aumento exponencial do número de casos, as autoridades aumentaram ainda mais as restrições de circulação no estado. A rede de transporte foi cortada em cerca de 25%; aulas nas escolas e universidades, além de serviços não essenciais, estão suspensas; aglomerações públicas são proibidas e a população foi orientada a ficar em casa, exceto em casos essenciais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum