Obrigada a voltar ao trabalho, funcionária da Caixa contrai coronavírus e pode ter passado aos pais, que morreram

Servidora chegou a pedir para continuar em home office

Obrigada a retornar ao trabalho presencial na matriz da Caixa Econômica Federal, no setor Bancário Sul, em Brasília, uma servidora contraiu coronavírus e pode ter levado a doença para toda a família, inclusive aos pais, um bancário, de 69 anos, e sua esposa, de 64, que morreram pela Covid-19 com intervalo de 14 horas de diferença – ele na fim da tarde de terça-feira (4) e ela na manhã quarta (5).

Segundo reportagem de Otávio Augusto, no site Metrópoles nesta sexta-feira (7), a funcionária – que tem duas outras irmãs, também bancárias – foi a única da família que foi exigido que voltasse ao trabalho presencial no banco, no dia 20 de julho.

Os pais moravam com as filhas no Gama, região administrativa do Distrito Federal. Elas acreditam que os pais se infectaram depois que a funcionária voltou ao trabalho presencial. A servidora chegou a pedir para continuar em home office, mas teve o requerimento negado pelo RH do banco.

Um colega da repartição dela testou positivo, mas não teve sintomas. A hipótese é que ela tenha se contaminado e transmitido paras as irmãs e os pais.

*Esta matéria foi alterada às 18h45. Os nomes das vítimas não foram divulgados em respeito à família.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR