segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Pandemia do coronavírus chega aos 29 milhões de contágios

Ritmo de transmissão aumenta, fazendo com que o último milhão fosse alcançado em apenas 3 dias e meio. Até então, pandemia tardava pouco mais de quatro dias em atingir nova marca redonda

A pandemia do coronavírus continua com a tendência de registrar um milhão de novos casos a cada quatro dias. Na manhã desta segunda-feira (14), chegamos à marca de 29 milhões de infectados, segundo números do observatório da Universidade Johns Hopkins.

Na verdade, entre a noite de quinta-feira (10) e a manhã desta segunda, houve um pouco menos, 3 dias e meio, o que pode significar uma maior velocidade no ritmo de transmissão do vírus.

A taxa de letalidade da infecção covid-19 (produzida pelo novo coronavírus) nesta segunda se manteve no mesmo patamar da quinta: 3,2%, com o número total de óbitos passando de 907 mil para pouco mais de 925 mil.

Nesse sentido, a marca de 30 milhões de contágios deve chegar bem antes, ainda nesta semana, enquanto o primeiro milhão de falecidos, que também deve ser alcançado ainda neste mês de setembro, ainda deverá tardar ao menos mais uma semana.

Já a quantidade de pessoas curadas da covid-19 passou de 18,8 milhões para 19,6 milhões, fazendo com que a taxa de recuperação passe a ser de 67,6% – aumento de 0,2% em comparação com a registrada na quinta passada.

O Brasil já tem 4,3 milhões de contagiados, que representam 15% do total mundial, mantendo-se como o terceiro país mais afetado do mundo pela doença, atrás dos Estados Unidos e da Índia.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).