O que o brasileiro pensa?
01 de junho de 2020, 16h21

Para OMS, Brasil ainda não passou pelo pior momento da pandemia

Segundo Michael Ryan, chefe de operações de emergência do organismo, América do Sul que é a região que está tendo os maiores aumentos no número de casos em todo o mundo, especialmente em países como Brasil, Peru e Chile

Edifício sede da OMS, em Genebra (Foto: Divulgação)

Apesar de ser o segundo país mais atingido pela pandemia do coronavírus, o Brasil ainda não passou pelo pior momento dela. É o que acredita o chefe de operações de emergência da OMS (Organização Mundial da Saúde), Michael Ryan, que disse não saber quando acontecerá o pico da pandemia do coronavírus no Brasil e na América do Sul de uma forma geral.

Em entrevista para a coluna de Jamil Chade, no portal UOL, Ryan afirmou que “o mundo precisa mostrar solidariedade à região”, que está tendo os maiores aumentos no número de casos em todo o mundo, especialmente em países como Brasil, Peru e Chile.

Para Ryan, a região “ainda está no começo da fase em que os serviços de saúde são sobrecarregados (…) precisamos estar ao lado desses países neste momento”.

“Precisamos focar nosso trabalho em apoiar a América Central e Sul. Há poucas semanas, o mundo estava preocupado com a Ásia e África. De uma certa forma, a situação é difícil. Mas nas Américas estamos longe da estabilidade. Ninguém estará seguro até que todos estejam seguros”, concluiu.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum