Pouco antes de dizer que tem sintomas de coronavírus, Bolsonaro estava cercado de apoiadores

Presidente causou aglomeração com apoiadores pouco antes de revelar que tem 38 graus de febre e que realizou teste de Covid-19; no sábado, participou de evento sem usar máscara. Resultado do exame sai na terça-feira

O presidente Jair Bolsonaro, mais uma vez, desrespeitou as recomendações de isolamento social nesta segunda-feira (6). Desta vez, no entanto, a atitude do capitão da reserva teve um agravante: ele revelou que está com 38 graus de febre e tem suspeitas de ter sido infectado pela Covid-19.

A revelação foi feita ao repórter Leandro Magalhães, da CNN Brasil e, pouco antes, se cercou de apoiadores na porta do Palácio da Alvorada. Ele estava utilizando máscara de proteção.

No último sábado (4), no entanto, o presidente participou de um evento em comemoração ao dia da independência dos Estados Unidos em que não utilizou máscara e, inclusive, deu abraços e realizou brindes com os presentes.

Bolsonaro já realizou o teste de Covid-19 em Brasília e suspendeu sua agenda até sexta-feira (10). O resultado do exame sai nesta terça-feira (7). De acordo com a CNN Brasil, Bolsonaro já estaria, inclusive, tomando cloroquina.

O Palácio do Planalto ainda não se pronunciou oficialmente sobre as suspeitas.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.