O que o brasileiro pensa?
23 de abril de 2020, 23h10

Prefeita de Las Vegas critica isolamento e defende que “livre mercado decida quem merece maior segurança e quem não”

Carolyn Goodman disse que oferecerá sua cidade como “laboratório para experimentar uma reação ao coronavírus sem distanciamento social”

Carolyn Goodman (foto: Twitter)

Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia de coronavírus até o momento, e muitos especialistas no próprio país consideram que a demora em aplicar as medidas de isolamento é um dos fatores que levou a essa situação. No entanto, para Carolyn Goodman, prefeita da cidade de Las Vegas, “é preciso provar outras alternativas para enfrentar a pandemia”.

Por isso, a política, ex-militante do Partido Democrata (na última eleição, foi eleita como candidata independente) propôs reabrir os famosos cassinos, restaurantes, hotéis e centros de convenções da cidade, com o único objetivo de reativar a economia.

Ao defender essa questionável iniciativa em um programa de televisão local, Goodman disse que oferecerá sua cidade como “um laboratório experimental para os cientistas avaliarem se é verdade que mais pessoas morreriam sem medidas de distanciamento social”.

A prefeita também declarou que considera algumas medidas de restrição como “totalmente malucas”, e que os “os vírus existem há anos e os seres humanos sempre acabam encontrando um jeito de conviver com eles”.

Finalmente, Goodman fez uma ode ao livre mercado, ao justificar sua postura, fez uma verdadeira ode ao livre mercado, assegurando que ele também é capaz de decidir quais serão os protocolos de segurança para a reabertura do comércio.

“Não é a administração pública que deve impor uma norma que pode ser produzida através da liberdade que nós defendemos como sociedade. A empresa livre sabe qual é a necessidade do seu público, que público merece maior segurança e qual não, e a que não sabe terá que descobrir”, explicou a prefeita.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum