terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Rússia e China criticam “politização” da pandemia por parte dos EUA

Após uma conversa por telefone na quinta-feira (16), os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Xi Jinping, expressaram seu repúdio às recentes declarações do presidente estadunidense Donald Trump e outras figuras políticas do país norte-americano, que tentam atribuir ao governo asiático a responsabilidade pela pandemia do coronavírus.

Segundo Putin, a forma como a China lidou com a epidemia em seu país foi “a mais correta possível, diante de uma ameaça que nos surpreendeu a todos”. O mandatário russo não citou Trump diretamente, mas criticou as “posturas contraproducentes de tentar politizar a pandemia o que é exatamente o contrário do que o mundo precisa hoje, que é fortalecer a cooperação para combater o vírus”.

Por sua parte, Xi afirmou que “a China mantém uma postura, desde o começo desta crise, de apostar na colaboração entre os países como única forma de enfrentar esta pandemia, por isso, acreditamos que atribuir rótulos neste momento é prejudicial a esses esforços que o mundo requer agora”.

As declarações dos presidentes da Rússia e da China acontecem após acusações de Donald Trump de que a OMS teria atuado de forma equivocada com relação à pandemia, por estar, segundo o presidente estadunidense, influenciada pela China.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).