domingo, 20 set 2020
Publicidade

Rússia enviará lotes do seu antiviral que combate a covid-19 para 7 países da América Latina

O governo da Rússia anunciou nesta segunda-feira (3) que fornecerá lotes do antiviral Avifavir, desenvolvido por cientistas do país para combater a Covid-19 (infecção causada pelo novo coronavírus) a sete países da América Latina.

Segundo o Ministério de Saúde, a empresa Kromis está fabricando mais de 200 mil caixas novas, das quais 160 mil serão distribuídas em países como Argentina, Bolívia, El Salvador, Equador, Honduras, Paraguai e Uruguai.

A lista ainda pode aumentar, já que há outros quatro países interessados na compra do medicamento: México, Nicarágua, Peru e Venezuela, cujos pedidos estão sendo avaliados.

O Avifavir recebeu certificado do Ministério da Saúde da Rússia em maio passado, e tornou o primeiro medicamento contra Covid-19 a possuir uma aprovação como remédio desenvolvido contra a doença.

No entanto, os próprios cientistas russos admitem que o Avifavir é quase um genérico do favipiravir, medicamento criado pela empresa japonesa Fujifilm-Toyama.

Atualmente, o medicamento está incluído na lista oficial de diretrizes para prevenção, diagnóstico e tratamento da Covid-19, organizada pelo Ministério da Saúde.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).