Unimed envia “kit” com cloroquina para médicos em SC

Nas redes sociais, a cooperativa foi criticada pela falta de evidências científicas no "tratamento preventivo"

Ganhou repercussão nas redes sociais nesta sexta-feira (17) uma foto de uma caixa de presente da Unimed entregue aos médicos da cooperativa de saúde em Brusque (SC) com medicamentos, incluindo a hidroxicloroquina – para o tratamento “preventivo” contra o novo coronavírus. Nas redes, a atitude foi criticada pela falta de comprovação científica.

“É isso minha gente, presente da Unimed na caixa do boticário. Apocalipse”, escreveu a médica Júlia Recuero ao publicar a foto de um desses kits que foi entregue a um colega.

Entre os medicamentos presentes na lista do “tratamento preventivo” está a hidroxicloroquina.

Em nota publicada no Twitter, a Unimed informou que “orienta suas cooperativas a seguirem as diretrizes previstas pelas associações e sociedades de especialidades médicas brasileiras, além dos protocolos aprovados pela OMS” e que “a Unimed Brusque usou de sua autonomia para oportunizar a profilaxia a profissionais que atuam na linha de frente”.

Segundo a empresa, “a utilização não era compulsória e o kit foi entregue a profissionais da linha de frente com orientações e também foram realizados exames para excluir doenças que possam ser agravadas pelo uso da profilaxia”.

O médico Pedro Diniz, integrante da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares e participante do podcast Medicina em Debate, criticou a entrega dos kits de profilaxia. “A Unimed deveria ser responsabilizada criminalmente por isso. Distribuição de medicamentos sem eficácia comprovada. NENHUMA EVIDÊNCIA DE BENÉFICIO”, tuitou.

O pesquisador Cláudio Maierovitch, coordenador do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância da Fiocruz de Brasília, criticou a determinação do Ministério da Saúde quanto ao uso precoce da cloroquina.

“A Fiocruz orienta profissionais, ela afirma que não há base científica para a cloroquina, pelo contrário, há evidências de que não deve ser utilizada. Mas, se recebe comunicado do Ministério da Saúde, não pode deixar de informar seus profissionais”, disse o pesquisador em entrevista à GloboNews.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR